Skip to content

Tendências ao redor do mundo

October 11, 2010

Moças, procurei bastante por um look que me cativasse para trazer aqui hoje, mas não achei. Ao invés, resolvi mostrar para vocês um pouco das tendências que apareceram nas passarelas internacionais, já que o verão está batendo na porta.

Eu já mostrei as tendências que sairam das passarelas norte-americanas, mas agora fiz um apanhado sobre tudo o que rolou nos quatro cantos fashion: Nova York, Londres, Milão e Paris. Prontas para investir em pecinhas que irão alegrar a estação mais quente e querida (na minha opinião) do ano?

As transparências vieram com todo, apareceram em grande parte das coleções. Elas podem ser mais discretas, revelando a sobreposição de peças, ou podem ser escândalosas, deixando partes íntimas a mostra ou revelando a underwear, como fez o John Galliano, sempre performático.

John Galliano

As pluminhas e franjas também bombaram, apareceram principalmente em vestidos. A Sarah Burton, diretora criativa da grife de Alexander McQueen, usou os adereços em peças estruturadas, que faziam referências a itens do guarda-roupa de séculos passados. A Chanel as preferiu sobre vestidos, enquanto Roberto Cavalli, em outra vertente, usou as franjas em vestido recortados que deixaram as modelos ainda mais sexies.

Roberto Cavalli

As flores estão liberadas, em todos os tamanhos, cores e formatos. Hibiscos, rosas, margaridas, estampa liberty, até folhagens e plantinhas entam nessa: a natureza está em alta! A D&G, label prima da Dolce & Gabbana, investiu pesado nas flores, que apareceram em quase todas as peças da coleção. Elas foram combinadas entre si ou até com outras estampas, como o xadrez vichy. De maneira discreta, até o Kaiser Karl Lagerfeld, na Fendi, investiu nas florizinhas coloridas em vestidos brancos.

D&G

Nada de passsar despercebida, as cores fortes chegaram com tudo. O laranja, o roxo, o verde, o azul turquesa e pink passam para deixar as roupas com cara de clima tropical, dando um up em qualquer visual. (Rimou!) E se você acha que precisa combiná-las com outras cores neutras para emplacar o look na rua, se engana. A Gucci mostrou que mesclar tons chamativos em uma mesma produção pode dar certo, tudo depende da peça.

Gucci

A alfaiataria também surgiu forte, alegrando as mais clássicas. Saias lápis, calças sociais, camisas e blazers apareceram em diferentes cortes e modelagens, como prova a DSquared². A marca usou como base itens do guarda-roupa masculino para criar peças muito bem cortadas para as mulheres. Até o smoking não escapou dessa, e virou vestido.

DSquared²

Neste verão podemos deixar no fundo do armário os vestidos bandagem e as saias coladas. As modelagens amplas aparecerem como contrapartida da moda justa que tomou as ruas nos últimos tempos. A Givenchy preferiu os cortes mais soltos, que deixam a silhueta mais quadrada e menos evidente. Alexander Wang, Michael Kors e Kenzo são só alguns outros exemplos que também foram pelo mesmo caminho.

Michael Kors

Mas se você não curte o fomato balãozinho que as roupas mais folgadas tendem a dar ao corpo, não se preocupe. Os cintos são peça essencial para a primavera e o verão. Eles aparecem por cima de camisas, saias e vestidos, marcando a cintura. Jean Paul Gaultier, na Hermès, usou chicote como cinto, enquanto Oscar de La Renta preferiu um modelo grosso com duas fivelas. Diferentes amarrações e nós são permitidos, vai dá imaginação de cada um.

Hermès

As moças que, assim como eu, são fãs de couro, vão amar essa notícia: não precisamos aposentar nossas jaquetinhas no verão. Apesar de ser um material quente, podemos adaptá-lo para a estação, já que ele continua em alta. Na Burberry, calças e trench-coats foram confeccionados com o material, sendo que a última peça veio coberta de tachas. Na Hermès, uma pegada mais fetichista e muito sexy apareceu na passarela. Já na Balmain, o street style privilegia a pele (seja ela verdadeira ou até mesmo falsa, chamada de ecológica), em calças capri, mais curtas que as convencionais.

Balmain

Finalmente, mais uma tendência pra lá de feminina: o boudoir. Para quem não sabe, o nome designa aquelas roupas que se semelham a lingeries, importando detalhes de corpetes, sutiãs e calcinhas. A Dolce & Gabbana explorou bem essa vertente, trazendo peças que lembravam o mundo da underwear com bastante delicadeza, sem vulgaridade. A Louis Vuitton, de Marc Jacobs, também investiu na escolha.

Dolce & Gabbana

Notem que em algumas das fotos as tendências aparecem misturas. Inpire-se e aproveitem!

As fotos são do site Style.com.

Beijos,

Fê Jacob

No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: